Geografia Poesia Fé: Abril 2011

TerraME: Novo SIG para Simulação e Modelagem de Sistemas Territoriais


O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) acaba de lançar a versão BETA 1.0 da plataforma de software aberto para modelagem dinâmica TerraME – Terra Modelling Environment. Toda a documentação associada ao projeto pode ser acessada em www.terrame.org.
As versões publicadas da plataforma de software são acondicionadas em um servidor SVN público, espelhada em um repositório localizado no Inpe. Toda madrugada a sincronização dos repositórios TerraLAB e o repositório do Inpe é realizada de forma automática. Desta maneira, espera-se que o código fonte, completamente documentado, esteja disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.
A versão BETA do TerraME é resultado da parceria entre o Grupo de Desenvolvimento de Geotecnologias Estratégicas ligado ao projeto TerraLib, da Coordenação de Observação da Terra, e o Centro de Ciência do Sistema Terrestre, ambos do Inpe, e o TerraLAB da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

Fonte: MUNDOGEO

Gorduras Demais e Exercícios de Menos


O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira (18) pesquisa que aponta que 48,1% da população brasileira está acima do peso e 15% são obesos. Há cinco anos, a proporção era de 42,7% para excesso de peso e 11,4% para obesidade. Os dados fazem parte da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel Brasil 2010).
Desafio para novo ministro da Saúde é reduzir obesidade, diz Temporão Estudo da Anvisa mostra alimentos com maior quantidade de sódio Segundo a pesquisa, se for considerada somente a população masculina, mais da metade dos homens está acima do peso (52,1%). Entre as mulheres, a proporção é de 44,3%. Em 2006, a pesquisa apontava excesso de peso em 47,2% dos homens e em 38,5% das mulheres.
Para Deborah Malta, coordenadora de Vigilância de Agravos e Doenças Não Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, o expressivo crescimento no número de pessoas com sobrepeso e obesidade, em um curto período, é uma tendência mundial.
“A ocorrência do excesso de peso decorre do sedentarismo e de padrões alimentares inadequados. Essa é uma tendência mundial e o Brasil não está isolado. Ela é um reflexo do baixo consumo de alimentos saudáveis como frutas, legumes e verduras e do uso em excesso de produtos industrializados com elevado teor de calorias, como gorduras e açúcares, além de baixos níveis de atividade física”, explicou Deborah Malta.
O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, disse que, mantido o ritmo atual, o Brasil terá em 13 anos o mesmo número de obesos que os Estados Unidos têm atualmente. "Se nós mantivermos o rtimo de crescimento [no índice de obesidade] que o Brasil vem tendo, em 13 anos nós vamos ter o mesmo índice de prevalência que os Estados Unidos têm atualmente".
A pesquisa mostra que 14,2% dos adultos não fazem nenhuma atividade física no tempo livre e que 30,2% dos homens e 26,5% das mulheres assitem televisão por mais de três horas ao dia. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a prática de 30 minutos de atividade física pelo menos cinco vezes por semana.
Em relação à alimentação, a pesquisa aponta que o brasileiro está consumindo menos feijão , mais leite integral - com gordura - e bastante carne com gordura aparente. O número de adultos que comem feijão pelo menos cinco dias por semana é de 66,7%. Em 2006, 71,9% dos brasileiros consumiam feijão.
A pesquisa aponta ainda que somente 18,2% dos brasileiros adultos consomem cinco porções diárias ou 400 gramas de frutas e hortaliças, quantidade recomendada pela OMS. O levantamento mostra que 34,2% se alimentam de carnes vermelhas gordurosas ou de frango com pele; e 28,1% consomem refrigerantes cinco vezes ou mais na semana.

Fonte: http://emsergipe.globo.com/noticias/visualizar/163057/brasil/Sa%C3%BAde

Nova Carteira de Identidade

 Conheça o RIC

 O RIC é o número único de Registro de Identidade Civil pelo qual os brasileiros serão identificados em suas relações com a sociedade e com os órgãos públicos ou privados. O RIC apresenta avanços tecnológicos que posicionam o Brasil na vanguarda da identificação civil.
Com a chegada do RIC, cada cidadão passa a ter um número nacional baseado em suas impressões digitais. Isso evita que o cidadão seja confundido com outra pessoa ou que alguém se passe por outro para cometer crimes, contrair dívidas ou cometer abusos. Por isso, o RIC será um importante mecanismo para facilitar a inclusão social e ampliar a segurança para os processos de abertura de contas, concessão de créditos e redução de fraudes e prejuízos.
O RIC já será emitido com certificação digital. A combinação das impressões digitais com a certificação digital tornará o processo de identificação pessoal mais seguro. Isso possibilita, por exemplo, maior segurança nas redes de comunicação, redução de fraudes e crimes na internet, entre outras vantagens. Outra facilidade com a inclusão do Certificado Digital é que algumas ações que antes só eram realizadas na presença do interessado poderão ser feitas pela internet utilizando-se da identificação virtual. Assinar contratos, mandar cartas, realizar compras e solicitar serviços: tudo feito pela internet com segurança, agilidade e comodidade. Para saber mais sobre o uso do Certificado Digital, clique aqui
Resumindo: o RIC moderniza o sistema de identificação civil do país, garante que cada cidadão será único em uma base de dados nacional, fortalece as relações da sociedade com os órgãos públicos e privados, contribui para a promoção da inclusão social e digital, além de ampliar os mecanismos preventivos de segurança pública.

Material do Cartão

Feito de policarbonato, o cartão possui várias camadas, alta resistência e durabilidade. É especialmente preparado para o processo de gravação a laser que proporciona alta qualidade gráfica e dificulta a alteração dos dados impressos.

Padrão ICAO

O documento segue orientações de normas internacionais estabelecidas pela ICAO (Organização de Aviação Civil Internacional), agência vinculada à ONU, que define critérios de segurança a serem implementados nos documentos oficiais de viagem dos países membros.
Fonte: http://portal.mj.gov.br/portal/ric/conhecao-o-ric
 

boys don´t cry!


(Vale a pena ler de novo, Escrito em 17/05/2006)
boys don´t cry!

bemm.... séculos que não dou as caras por aqui hein!? hummmmm mas agora eu já adiantei algumas coisas...e tenho um material legal... creio que teremos algumas poesias legais sobre coisas novas.... e perspectivas de vista de um novo mundo! :P ou seja será tudo muito interessante! heuheuehue bjssssss e quem for ler.... aguarde! :D

 
Meninos não choram

Foi difícil encarar tudo que acontece dentro
E tudo que dentro se quer
Em meio a mentes escuras, vem a luz
Como pode vir algo bom deste lugar? 

Não sabia que você me amava tanto assim
E essas lágrimas que rolam no meu rosto são por que eu te amo.
Mesmo estando perto todos esses anos
Não reconheci seu grande amor por mim

8 e 80 no pensamento de qualquer jogador que está fadado a perder
Tudo isso na mesma cabeça oca....
Um jogador que muito pouco conhece as regras que joga

Continuo do seu lado
E você continua sendo tudo pra mim
Simplesmente sou seu
E assim, sou muito mais eu

MALTA

Este post, marca a mudança de uma fase de minha vida...  a maior de todas as aventuras...  e o amor da minha vida.

Veja também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...